a fotografa

a fotografa
Sendo fotografada - By Anderson Ferreira

02/09/2014

Pink e o Cérebro!!!

Já falei aqui da Margot, furaCÃ linda que um dia comeu "comigo ninguém pode ' - um dos post mais lidos do blog



Já falei aqui do Chico, o cão que escolheu morar em casa... e do amor dele! Chico é cachorro sofrido, foi encontrado magro. Veio pra casa e recebeu cuidado e amor... e nos deu amor.

Chico apanhou... e isso não esqueço. Hoje Chico tem medo de tudo, mas tem amor aos montes. Não apanha mais, é mais contido agora mocinho.



Mas hoje é dia de falar do Júnior... o filho caçula.

Então, Jr. veio pra casa uma bolinha, com 40 dias (vai lá saber se é verdade), tinha medo e parecia um papagaio porque queria ficar no ombro o tempo todo.

Jr tomou banho de ofurô (balde), dormiu na cama comigo, teve roupa nova e destruiu e descobriu em Chico um companheiro inseparável.


Detalhe do pedaço da minha sapatilha na boca 

Jr não apanha porque o Chico interfere em minhas discussões... sempre foi protegido pelo irmão mais velho e sempre o imitou. Tenho invejinha da relação dos dois porque eles se bastam.

Jr. é meu!! É o tempo inteiro me solicitando, mas o irmão tem que estar também... olha pra mim, mas se certifica que Chico está por perto, pois vai que a louca resolve ficar brava.

Então que descubro em Jr. um repeteco de padrão!! kkk Eu e meu dedo!! Eu escolhi Jr, do mesmo modo que eu escolhi Margot. E então o apelido do Jr é "meu pequeno terrorista".

Ele simplesmente é do Cérebro da dupla... planeja e executa, depois vira o barrigão aos meus pés e pronto - aquela cara derrete corações.

Eis que ontem, a mãe chega em casa e vai dar um jeito na vida, acreditando que o portãozinho que separa o mundo dos cães da casa estava devidamente trancado e então pra que se preocupar ne?

Em dado momento eu escutei barulho e o latido do Jr - detalhe Jr só late se o Chico tem algo na boca que ele quer muito, então é sempre bom verificar se o Chico não está com algo que eu também quero muito!! mas continuei relax fazendo minhas coisas.

Quando vou pro andar debaixo pra verificar se estava tudo bem, vejo minhas plantas caídas - susto 1.

Chego na lavandeira - vulto "quarto dos meninos", Jr já está com a barriga pra cima, por que?
Porque meu scarpin preto lindo e confortável (já viu um sapato lindo ser confortável?) estava destruído na sua cama!!!

O outro pé estava na cama do Chico, mas intacto. O passarinho presente da Dea (Picnic de 9 anos) também havia sido caçado, mas o resgatei a tempo.

Chico me olhou com aquela cara: "vai bater no meu irmão?" e eu respondi: "em vc tb!"

Dei uma sapatada (com o scarpin destroçado mesmo) em cada um - Chico se encolheu e Jr pensou: "amanhã eu penso numa maneira de conquistar o mundo!" - o malandro!



Fechei a porta da cozinha com muita raiva, olhando meu scarpin... subi as escadas chorando pensando se havia doído a sapatada!! Chorei pela sapatada neles... kkk mas tinha que corrigí-los.

Agora estou aqui pensando, o que será que aprontaram hoje????




Uma coisa é certa: temos que aprender a perdoar como eles... e a ser leal como eles! Eles aprontam e eu tenho histórias pra contar.

01/09/2014

Ah a primavera!!

Que setembro venha e que as flores tragam esperanças...

Lembra que falei da tireóide, a minha coitada está tão despirocada que não para de me dar trabalho, mas enfim agora temos um diagnóstico e vamos em busca disso.

(ainda não vou falar aqui - mas estou aliviada por ter uma palavra pra pesquisar no Google e ter onde buscar ajuda).

Admitir que estamos doente é um processo complicado, ainda mais pra mim... tão senhora que sou da minha vida, mas é importante também!! Aff, como se renovar dói!!! kkk Tão necessário, tão importante!

Que o colorido das flores permaneça em minha casa... como está!

Minha primeira órquidea está na terceira florada, ela fica me lembrando pra florir também!! Está meio esquecida, mas mesmo assim deu lindas flores!!


O meu corpo é um jardim, a minha vontade o seu jardineiro".William Shakespeare



Projetos para setembro: ir em busca de ajuda (minha saúde); formar o sofá retrô que ganhei da mamys e refazer meu jardim (literalmente) kkk

26/08/2014

O MUNDO DE RITA E O SEM ESPAÇO PARA LAMENTO - sempre trocando.

Já falei mil vezes da minha amiga Dea aqui no blog!

E vou falar mais um milhão, sabe por que? Porque é o tipo de pessoa que agrega na vida da gente, gente que vale a pena ter ao redor, que nos acolhem, nos motivam, nos pegam no colo e, principalmente, nos ensinam!!

Então no post dela de hoje li: (corre lá e leia e aprenda outras coisas - AQUI)


Ele pensa e diz:

Eu nunca faço para qualquer paciente o que ele não PRECISA.
Se ele consegue engolir a medicação sozinho, ou comer, eu o ajudo, coloco em sua mão, levo até a boca.
Nós só fazemos o que ele PRECISA.

(então analiso isso de forma espiritual e percebo que a gente só passa pelo o que precisa, e se você passar por essa situação de depender totalmente de alguém, saiba que é a vida te moldando e ensinando).

Eu rebato ainda, esse corpo é só uma carcaça, que guarda quem você é, chame de alma, personalidade, o que for, esse corpo, lindo ou não, ficará aqui, não existirá mais, e uma surpresa pra você...a dignidade não mora nesse corpo, ela faz parte de você, e a minha está intacta, melhorada até, por perceber, que sempre iremos precisar das pessoas, sempre....até quando você morrer, sim, ou você mesmo irá se enterrar...rs...

A frase que fica hoje é "a vida te moldando e ensinando".

São as pessoas ao redor nos ajudando a ser melhores, mesmo aqueles que nos fazem sofrer... o sofrimento ajuda muito! Mas temos que ter coragem pra olhar pra dentro e se recriar, coragem pra ver o que foi repitido e dizer não mais dessa maneira... isso dói demais... se reinventar dói muito.

Eu e a Déa sempre assim... nos momentos alegres rimos desesperadamente juntas, fazemos planos, gargalhamos e vemos o quanto a vida é boa por termos amigas verdadeiras.... em momentos de reflexão - são muitos, a gente coloca a emoção pra fora... Colocamos nossos medos todos, todas as inseguranças... e choramos como crianças no colo uma da outra.

E nesses momentos me sinto uma pessoa incrivelmente privilegiada por fazer parte de histórias de vida assim (tem um pouquinho da nossa história AQUI).

Acho que quando eu e a Dea nós encontramos Deus me disse: "vai ter que ralar pra ser merecedora dessa amizade!" Então eu tento!!

Sei que quando desencarnar Deus vai me perguntar: "E ai, chorou tanto porque? Te propiciei ter ao redor pessoas incríveis que te deram oportunidade de aprender muito, e o que vocÊ fez?"

Obrigada amiga por ser um dos instrumentos que me fazem ser melhor...



Amo quando trocamos nossos pensamentos, mesmo quando nos permitimos chorar em frente ao meu trabalho!


Pensamos do dia!! Me reinventando a cada dia e me redescobrindo melhor...

20/08/2014

Copiando em 3, 2, 1...


Corre e copia!!

Eu com esta história de problema na tireóide eu não tenho mais calça que sirva - vou fazer um post sobre essa glândula. Então agora tenho que esperar a mãe costureira (a de verdade) pra arrumar as calças... nem as antiguinhas que estavam guardadas ficam boas... então o jeito é improvisar.

Inspirações para os dias de reuniões, que você precisa estar confortável e elegante - o que acontece sempre!! aff

Falando em elegância, ontem fui ao show da Zizi Possi, cantora que admiro demais, desde sempre. Uma amiga me convidou e lá estávamos nós. A pessoa (Zizi) é uma elegância só! Lindíssima no palco e ainda mais linda pessoalmente.

Noite de emoções intensas... as músicas que tocam a alma e nos fazem entrar em contato com sentimentos lindos! Amigas que nos deixam felizes, nos fazem sentir privilegiadas.

Quase tudo que amo numa mesma noite: SP, amiga, música de qualidade, cultura, alma exposta... enfim!! Uma noite pra não esquecer.


Olha o scarpin ai!! rs

"Às vezes acredito em mim, mas às vezes não
Às vezes tiro o meu destino da minha mão
Talvez eu corte o cabelo
Talvez eu fique feliz
Talvez eu perca a cabeça
Talvez esqueça e cresça...
... Talvez eu mate o que fui
Talvez imite o que sou
Talvez eu tema o que vem" (Sem você - Arnaldo Antunes)



14/08/2014

Uma cor num dia frio


Pra começar a se inspirar, já que o FDS está chegando!!


Amei esse primeiro look: camiseta e scarpin! combinação que amo!

E pra pular de fase, olha o que escolhi:


Minha linda cabeleireira vai da um jeito pra ficar parecido!! Ainda está mais curto que esse mas o "tchan" desse corte é a franja... não vejo a hora!!

Vamos a luta então!!




12/08/2014

O tenis

Morar tão longe de casa faz a gente mudar alguns hábitos.

Eu sempre usei muito salto e saltos muito altos, mas com essa vida corrida comecei a usar tamanhos alternativos de saltos e as sapatilhas, que eram itens quase proibidos no guarda-roupa, viraram aliadas.

Esse final de semana fiquei pensando em introduzir um tênis de academia no look, mas fiquei com preguiça de ir pra frente do espelho e avaliar. Eu tenho complexo de altura e então já viu!! kkk me sinto "nanica" com os meus 1,63 m - o salto pra mim é fundamental, mas agora fica pras noites e finais de semana... ah tá mas aqui no escritório sempre tem um escondido caso eu sinta muita falta em dias comuns.

O look que não me sai da cabeça é um Chamise jeans + tênis de academia - confesso que sempre vejo a Astrid usando esses modelos e babo nas combinações. Mas eu ainda não experimentei, quando o fizer conto aqui.

Agora esse VÍDEO me caiu no colo e tem tudo a ver com o meu atual estilo de vida... pessoa que caminha muito pra chegar ao trabalho e tem que estar sempre descolada.

Já falei o quanto amo Sampa, né? 

Aqui a gente pode ousar nos modelitos e sair do lugar comum, coisa que pra uma boa geminiana é fácil e delicioso.

Enjoy!!
  

Aproveito pra mostrar umas fotos pra inspiração.







Crie, recrie-se!

05/08/2014

O susto...


Então pela primeira vez na vida fui assaltada... quem nunca? Num mundo tão insano, quem é que nunca foi furtada, assaltada, roubada, invadida?

Quem nunca se sentiu impotente e usou o instinto de sobrevivÊncia?

E depois, quem nunca pensou em como tudo poderia ter sido pior? E daí, teve que sacodir a poeira e ir à luta?

Se fossem somentes os assaltantes? ah!!

Numa mesma noite levantei duas vezes... depois do assalto, o passado!!

Depois do pânico, o medo!

Depois da insegurança, a segurança e novamente a insegurança...

Depois do assalto, o encontro e reencontro...

E depois, como diz a música: "levanta, sacode a poeira e dá volta por cima!" - sempre!

O assalto - bem, esse deixo medo e nem sempre ter medo é ruim! Essa experiÊncia me fez ficar mais experta e atenta e me sentir ainda mais forte do que acho que sou! O assaltante eu já perdoei, mas o outro... ele ainda não!

Tem um blog que gosto muito e sigo, leio, choro... me identifico... - THE BRO CODE (http://www.thebrocode.com.br/). Um dia uma amiga me mandou um texto e hoje divido aqui.

Obrigada ao IQUE que divide conosco esses textos tão incríveis.



"Ela uma vez…
uma mulher.
Sozinha em casa.
seus pensamentos começam a se voltar
para aquele beijo.
O melhor,
mais apaixonante,
beijo da sua vida.
Para aquele momento,
com ritmo,
movimento.
Aquele perfume,
que mesmo suave,
se recusa a sair do seu corpo,
Daquela chance,
quando não existiam chances sobrando.
Aquela certeza,
sem dúvida.
Daquela vez,
que não foi atrás da beleza,
onde muitos procuram.
Foi atrás das coisas bobas do coração,
onde poucos encontram.
E ela,
encontrou.
Se entregou.
Deu permissão,
para sua cabeça,
seguir o seu coração.
E de repente,
aquele medo,
foi abatido pelo desejo.
Desejo de mudar.
Mudar como as estações,
que se transformam com o tempo.
E ela foi.
Fazer aquilo que já devia ter feito.
Jogou fora o manual do coração,
que recomenda prudência
e canja de galinha.
E ela foi,
viver cada estação.
Sem nenhum homem confuso,
inseguro,
imaturo.
Esse tipo de homem,
ela deixou,
para as mulheres sem imaginação.
E ela foi,
amar,
a pessoa que sempre desejou amá-la de volta.
De repente,
sozinha em casa,
ao som de Anything could happen,
ela uma vez…
uma mulher.
Que apaixonou-se por si,

e começou a existir."

28/07/2014

Dance!!

"If you gave me a chance
I would take it
It's a shot in the dark
But I'll make it
Know with all of your heart
You can't shake me
When I am with you
There's no place I'd rather be"



Pra começar a semana se inspirando!

Dá série #vestidaassim!!




Igual que nem não dá pra improvisar não, mas pra me inspirar e aproveitar uma saia que está encostada a um tempão dá sim!!! Amei!! Mas vou esperar uns dias pra copiar porque aqui em Sampa o frio está castigando.

Ótima semana pra vc que também se inspira em tudo!!



Como é que você anda saindo da vida das pessoas?

25/07/2014

#vidadefretado!

Sobre morar em uma cidade e trabalhar em outra.

No começo era uma coisa de outro mundo... Agora: Factível... Daqui a pouco: prazerosa.

Sim, sou da turma do fretado!!

Ando 240 km todos os dias pra trabalhar!

Sou gerente de projetos e já fiz todos os cálculos do quanto de tempo fico dentro de um ônibus!! Tem hora que é melhor nem pensar!! Mas essa é minha vida, então tenho que comandá-la.

Como tudo na vida tem um preço!

No começo era bem difícil, e quando alguém me dizia: você acostuma, eu pensava: O que?? nunca!! 

Agora, acredito sim... meu organismo reage bem melhor a tudo isso... e além do mais ADORO DESAFIOS.

Preciso trabalhar! Apareceu uma oportunidade bacana... numa cidade que amo! Vamos lá!

Preciso ter uma vida... tenho uma casa bacana, cães, amigos e uma vida que lutei pra conseguir, numa outra cidade que escolhi pra morar... Pra que mudar isso?

Então?

Então acordo todos os dias as quatro e crio uma rotina que me possibilita tudo... eu e mais milhões de pessoas.

Ter essa vida me propôs várias coisas:
- conhecer uma turma que faz o que faço, ou seja, não sou Mulher Maravilha, mas sou uma batalhadora!!

- fiz amizades verdadeiras no ponto de ônibus (sou geminiada e converso mesmo em todos os momentos e todos os lugares) e no fretado! Quantas histórias divertidas... rs

- eu amo SAMPA, sempre amei, quando me mudei daqui sentia muita falta dessa loucura... então, quando saio do meu fretado, antes das sete da manhã, sei onde estou! Me reconheço!! Me assumo!! Trabalhar aqui me proporciona ousar nos modelitos, ser livre. Aqui ninguém olha pra ninguém, ninguém é melhor que ninguém... somos todos invisíveis, somos todos cidadãos. Posso estar de havaianas num dia e no outro usar meu melhor scarpin e continuar a ser a Rita... sou a frágil, a doce, a comunicativa, a forte, a ousada... Sampa te dá isso!! Vale a pena!!



- eu amo SJC - amo ter casa, quintal, cães... sair pra correr todos os dias - mesmo acordando as quatro da manhã - e amo encontrar as mesmas pessoas na pista de corrida e cumprimentar... Amo ter vizinhos que me apoiam (sou abençoada nesse quesito), amo gastar cinco minutos pra resolver as coisas... Mas detesto ser reconhecida, detesto ser olhada no shopping e as pessoas saberem quem sou!! Detesto o jeito de cidade pequena que SJC tem (apesar de ser uma cidade que abriga tanta gente de fora)... as pessoas vão ao shopping vestidas pra festa! Enfim...



Fico com o melhor - melhor pra mim - de cada uma dessas cidades... lar em SJC (doce, seguro, quieto) - Trabalho em SP - por incrível que pareça - é um dos momentos que me encontro... me sinto dona de mim!!

Quando quero sair pra lugares diferentes, restaurantes diferentes, comprar roupas diferentes, é em Sampa que faço tudo isso... agora, outras coisas em SJC mesmo!


Bjs pra vc que tem orgulho do que faz, seja lá o que faz, mas que te deixar feliz!


E, pra fechar, uma frase que diz tudo pra este post!