a fotografa

a fotografa
Sendo fotografada - By Anderson Ferreira

25/11/2014

#desejo do dia


Gente morri com esse saca-rolhas!!! Eu quero!!!

Se alguém quiser me presentear.... ou ao menos colaborar me falando onde compro...

#desejo

24/11/2014

Dica do blog!!


Passar o feriado em Sampa é aquela loucura, tem muita coisa na minha lista e nada de tempo pra tudo..

Ai chega sua super amiga e diz: você tem que ver a peça que está na Casa das Rosas!! Você tem que ver!!

Então, apesar do cansaço pensei: Paulista + Casa das Rosas + Teatro + cia da amiga = TENHO QUE IR.

A peça é A CASA É SUA! Somos levados aos cômodos e em cada um deles a um texto diferente que disperta emoções diferentes.




"A Casa é Sua - Peça teatral
Avenida Paulista, 37
Bela Vista - Centro
São Paulo
(11) 3285-6986 | (11) 3288-9447
Estação Brigadeiro (Metrô - Linha 2 Verde)
Totalmente de Graça."

Corre porque dia 28/11 é o ultimo dia!!

Chegue as 19:00 pra pegar o ingresso e tome um café ali no jardim da Casa.

Dois textos me emocionaram muito... mas um deles me tirou dali... Chorei ao escutar, chorei ao contar depois pra outras pessoas... chorei ao contar pra minha mãe.

A Dea, danada que é, descobriu o texto na internet me mandou...

"Quanto tempo falta pra gente se ver hoje
Quanto tempo falta pra gente se ver logo 
Quanto tempo falta pra gente se ver todo dia 
Quanto tempo falta pra gente se ver pra sempre 
Quanto tempo falta pra gente se ver dia sim dia não 
Quanto tempo falta pra gente se ver às vezes 
Quanto tempo falta pra gente se ver cada vez menos
Quanto tempo falta pra gente não querer se ver 
Quanto tempo falta pra gente não querer se ver nunca mais 
Quanto tempo falta pra gente se ver e fingir que não se viu 
Quanto tempo falta pra gente se ver e não se reconhecer 
Quanto tempo falta pra gente se ver e nem lembrar que um dia se conheceu" (Bruna Beber)

A construção e descontrução desse amor me atingiu em cheio.... como tudo é tão intenso no começo e tão triste e vazio ao final!!!

Quem nunca viveu esse momento? Quantas vezes? Quantas vezes mais viveremos?

Texto simples e perfeito.

Noite simples e perfeita... obrigada a amiga que insistiu tanto e obrigada a minha intuição por ter me feito espantar a preguiça...



Depois da peça, ainda com tudo bagunçado aqui dentro, caminhei sozinha pela Paulista... a Paulista borbulhando de gente, de barulho, e eu me reconheci plena. Pulmões cheios de mim!! Coração cheio de mim!! E me dei conta do quanto foi difícil chegar a este momento... e então fui curtir a outra parte da noite... inteira e intensa... EU!


Dica do blog!!

19/11/2014

Consegui

Até que enfim consegui montar e sair vestida com o tenis e vestido!!

Ufa!!

Não tenho um look meu mas procurei na rede e achei um bem parecido.





Nada de muito glamour mas o importante é que consegui. Coloquei um vestido preto básico, o tenis iate de onça e um max colar pra dar um toque de sofisticação.

Gostei bastante ainda mais porque ficou despojado e eu amo looks despojados.

Mas olha que tudo pra servir de inspiração:



Amado do dia!!!

Bjs e bom final de semana pra vc que também está num quarta-feira que é sexta!!

12/11/2014

#inspiração!! (ainda quero)

Eu não tiro essa ideia da cabeça, mas também não consigo fazer nenhuma composição!!!

Que ideia louca?

A de usar tenis com um look mais arrumadinho!!

Confesso que vou ao armário, monto o look, pego o tenis coloco e pronto... me sinto "achatada"!!

Mas acho tão legal, tão despojado e irreverente!! Quero muito.

Então peguei mais alguns "pins" pra tentar me inspirar!!





Amei essa roupa super arrumada e esse tenis vermelho!! Show

E agora a Diva master... Gisele...ela e Channel


Será que fica lindo nela pq ela tem 50 metros de pernas e eu tenho 50 cm???

Ainda não desisti.


10/11/2014

A capa que me conquistou!





"Esse pensamento, tão urgente e profundo, surge em algum momento da vida de cada um de nós e coloca em perspectiva todas as nossas prioridades e problemas. Mas e se essa fosse mais do que uma simples suposição? E se tivéssemos, de fato, apenas mais uma hora? Roger-Pol Droit propõe neste livro um exercício radical, decisivo, que vale todas as lições de filosofia e sabedoria. 

De forma brilhante, o autor nos faz mergulhar em nossa própria consciência, para que, ao fim, possamos descobrir o que é essencial para nós. E se você também tivesse apenas um breve momento para fazer um balanço, lembrar-se, encontrar aquilo que mais importa? E se só restasse uma hora para esquecer as ilusões e, finalmente, viver?"

Sabe quando vc compra um livro pela capa?

Foi assim... eu tinha 10 minutos antes do ônibus chegar e o ritual de passar na livraria da rodoviária / aeroporto tinha que ser cumprido... então olhei pra aquela capa linda e o título e peguei...

A capa (livro) me chamou o fds inteiro mas segui firme em terminar o que eu estava lendo... 

Hoje ele veio comigo. Me parece bem profundo e delicado, vamos ver.

07/11/2014

Um texto lindo pra empolgar a sexta!


“Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção.


Não temos a menor ideia de qual seja seu manequim. Nossa avaliação é visual, isso quer dizer, se tem forma de guitarra… está bem. Não nos importa quanto medem em centímetros – é uma questão de proporções, não de medidas.

As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, femininas… . Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fracção de segundo. As magrinhas que desfilam nas passarelas, seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, são todos gays e odeiam as mulheres e com elas competem. Suas modas são rectas e sem formas e agridem o corpo que eles odeiam porque não podem tê-los.

Não há beleza mais irresistível na mulher do que a feminilidade e a doçura. A elegância e o bom trato, são equivalentes a mil viagras.

A maquilhagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa. Os cabelos, quanto mais tratados, melhor. 

As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas… Porque razão as cobrem com calças longas? Para que as confundam connosco? Uma onda é uma onda, as cadeiras são cadeiras e pronto. Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim. Ocultar essas formas, é como ter o melhor sofá embalado no sótão.

É essa a lei da natureza… que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréctica, bucólica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranquila e cheia de saúde.

Entendam de uma vez! Tratem de agradar a nós e não a vocês. porque, nunca terão uma referência objectiva, do quanto são lindas, dita por uma mulher. Nenhuma mulher vai reconhecer jamais, diante de um homem, com sinceridade, que outra mulher é linda.

Mulheres jovens são lindas… mas as de 40 para cima, são verdadeiros pratos fortes. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado. O corpo muda… cresce. Não podem pensar, sem ficarem psicóticas que podem entrar no mesmo vestido que usavam aos 18. Entretanto uma mulher de 45, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo.

Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua natural tendência a culpas. Ou seja, aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes; quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (sem sabotagem e sem sofrer); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que goste, compra; quando tem que economizar, economiza.

Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza. São feridas de guerra, testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos ‘em formol’ nem em spa… viveram! O corpo da mulher é a prova de que Deus existe. É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, ninados e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesarianas e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos.


Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se!” (Paulo Coelho)

Pra ler sempre... 


06/11/2014

Pra colocar na agenda!!

Olha que tudo: Sampa recebe 

"Leonardo da Vinci, a Natureza da Invenção"

Pra quem é apaixonado pelo Leonardo, sua história e contribuição!!

Onde: Galeria de Arte do SESI - SP
Av. Paulista, 1313 - Estação Trianon - Masp;

Quando: 11/11/14 a 10/05/15 - diariamente, das 10h às 20h

How much: FREE!!

Na minha agenda já está!!


03/11/2014

#inspiração

Voltando a me inspirar com coisas boas...

Olha esse look!! Estou numa fase feminino total... muito vestido, saias, brincos... flores... enfim!! Resgatando a mulher que existe em mim!! 

Será que minha perua adormeceu em algum momento? Acho que ela estava com preguiça... mas agora força na peruca!!


Amei... simples, feminino e classudo!!

Pronta pra falar!!

Sem medo!

Então hoje me sinto a vontade de falar sobre a depressão (informações AQUI)!!

Eu tenho "síndrome de Hashimoto" (AQUI), uma doença autoimune na tireoide. O corpo entende a tireoide como um corpo estranho no organismo e cria anti-corpos para compatê-la. 

Quando descobri eu tive uma crise, engordei uns 6 quilos em um mês e pirei.. procurei um endócrino pra poder emagrecer e verificamos que minha tireóide estava "despirocada" e nesse momento estava pendendo ao HIPOTIROIDISMO. 

Os sintomas do hipo são: muito (mas muito ) sono, cansaço, metabolismo muito lento, ganho de peso. O hipo te tira as energias e então você fica irritado porque simplesmente não tem energia pra nada.

Ok! Remédio, exames, exercícios... e tudo de volta ao controle.

E daí veio a segunda grande crise (10 anos depois)... devido a problemas pessoas, as coisas "degringolaram" novamente - um acontecimento estressante pode mudar tudo na sua tireóide.

Emagreci 15 quilos em 3 meses, não dormia, não comia, energia de sobra (estranhamente nada me cansava)... saia pra correr, voltava cuidava da casa, e achava que iria cair quebrada mas duas horas de sono eram o suficiente... então médicos e HIPERTIROIDISMO... muita energia pra pouco corpo... rs 

O Hiper é mais perigoso porque o coração fica acelerado demais, o intestino funciona demais, não tem apetite e portanto, as substância não são absorvidas pelo organismo. Consequência: depressão!

Claro que não é uma conta matemática, tem todo um contexto nisso.... motivos profundos, fortes, mas corpo e mente estão juntos trabalhando ao seu favor ou contra você.... E foi assim que descobri que além do Hashimoto eu estava com depressão...

Não diga que é "bobeira", coisa de gente desocupada, porque não é!! 

Não era nada fácil tomar um banho e ir encontrar os amigos, isso se torna humanamente impossível, pode acreditar.

Sair de casa pra trabalhar era uma obrigação e responsabilidade... mas o resto, bem o resto eram decisões complicadas, parece bobeira mas é muito complicado todas as coisas!! No meu caso, o trabalho me segurou demais, graças a Deus, porque poderia gerar outro grave problema. O psiquiatra sugeriu me afastar mas implorei pra não!! E ainda bem não aconteceu o pior.

Agora falo no PASSADO, ufa!! 

Mas em muitos momentos me vi  criando coragem pra chegar ao portão da minha casa! Meu mundo seguro era minha casa!! Meu mundo cinza... meu elo com o mundo foi minha mãe e alguns amigos... além do meu trabalho...

Agora que tudo passou, eu vejo como foi difícil... difícil pra mim, uma pessoa solar, sociável! Me isolei, me calei, desacreditei de mim...

Por que tudo mudou????

Porque minha essência é SOLAR... porque sou sociável!! E porque aproveitei esse momento pra refletir muito, aprender, fui ao médico, conversei com pessoas com depressão, gritei ajuda aos amigos, à família e à Deus!!

No começo gastei muita energia pra fazer coisas simples como encontrar amigos no cinema... nossa, parecia que ia morrer... saia de casa quase sem respirar, um medo!! Mas com esse esforço ganhei confiança pra outras coisas... Minha filosofia, o espiritismo, me ajudou mais uma vez, ir ao centro é uma tarefa que amo então aproveitei pra ir aprender, conhecer gente, me renovar.

Ainda tenho um caminho pra percorrer, mas querer estar nesse caminho já me deixa leve!!

Energia nova gera nova energia... e assim voltei pra mim... pra essência do que sou! Me reconquistei...

A minha tireoide ainda aprontando das dela!! rs Crises de hipertensão, e essas coisas... mas enfim!! Estamos de olho. Desta vez ela me ajudou muito né? Quem não quer perder peso?


Hoje o mundo está cheio de cor... aprendizados nem sempre são bem vindos, mas são necessários e me fazem melhor.

Este poste é pra agradecer as pessoas que conviveram comigo, que choraram por me ver tão cinza, mas que nunca duvidaram dessa tristeza profunda que estava em mim... e que, acreditavam que eu era maior e mais brilhante que o momento.

Obrigada 




14/10/2014

Um coração maior que o mundo!

Descobri que nunca fiz um post nesse dia: 14/10



Esse seria somente um dia qualquer, sem marcas ... mas foi nesse dia que meu pai resolveu dar "até logo".

Hoje é mais especial porque foi num 14/10, uma terça-feira ensolarada, eu trabalhava no Brooklin (trabalho no Brooklin hoje) que tudo aconteceu.

Mas realmente esse não é um dia triste, é um dia saudoso

Saudade de voz dele... ai como sinto saudade de ouví-lo ao telefone.

Saudade da segurança que sua presença física me inspirava... a mim e a minha mãe. Ficamos órfãs de sua força... mas ficamos órfãs de sua sensibilidade.

Já falei aqui e ali e em todo lugar em como meu pai era sensível...

Meu pai era um "ogro" em muitos momentos, italiano que falava alto, que gesticulava, mas que não tinha vergonha alguma de demonstrar seus sentimentos.

Quando tinha um problema no trabalho era em casa que ele desabafava, era pra minha mãe que ele contava. Quando estava triste, desapontado, desanimado, era com a gente que ele chorava.

E quando estava feliz... ah, ele enchia a casa com seus sorrisos sarcásticos, maliciosos...

Nem todos os momentos foram felizes, tínhamos desentendimentos, frustrações. Pra minha mãe ele foi o grande amor e companheiro, mas ela também acha que poderiam ter sido mais felizes...

Como filha também consigo ver falhas em meu super heroi. Mas hoje vejo o homem maravilhoso que esteve ali, fez seu melhor e aposto que ele fez de mim sua prioridade máxima.

Naquele dia 14/10, um calor daqueles em Ribeirão, foi um dia de agradecer a Deus a oportunidade de conviver com um espírito tão grandioso! Tão GENEROSO (essa é a palavra dele). Foi um dia de muitas histórias bacanas a seu respeito, dia de encontrar pessoas queridas que estavam ali por causa da falta que ele faria.

Aquele dia foi de paz, dificil explicar, mas me lembro daquele dia com uma paz enorme no peito... de um amor gigante!

Hoje, nesse dia 14/10, me volto àquele dia pra ouvir as histórias de amor de um homem "que tinha o coração tão grande que explodiu".


Obrigada PAI!